[Evento] LEÇONS DE TÉNÈBRES

Voltar

Concerto
ENTRE LUZ E TREVAS | MOTETOS DO BARROCO FRANCÊS
13 de outubro | 19h00

Com o Americantiga Ensemble, remontamos ao primeiro quartel do séc. XVIII e ao momento em que António José, 3º Morgado de Mateus, sonhava a construção da Casa, ouvindo um conjunto de motetos franceses, entre os quais as Leçons de Ténèbres du Mercredi Saint, de François Couperin.

A acompanhar o final do verão e o início do outono, o ciclo Arte na Paisagem detém-se nas paisagens sonoras que reverberam os séculos da história de Mateus. Em setembro e outubro, em três concertos, empreendemos uma viagem em diálogo com a revisitação das Figuras de Mateus. Com o Americantiga Ensemble, remontamos ao primeiro quartel do séc. XVIII e ao momento em que António José, 3º Morgado de Mateus, sonhava a construção da Casa, para ouvir um conjunto de motetos franceses, entre os quais as Leçons de Ténèbres de Mercredi Saint, de François Couperin.

«Em meados do século XVII, as Leçons de Ténèbres tornaram-se objeto de composições musicais cada vez mais populares. Michel Lambert foi o primeiro em França a compor um ciclo em 1662, logo seguido por Charpentier e Lalande. Mas as mais famosas - e as primeiras a serem tocadas e gravadas - são as compostas por François Couperin, datadas de 1714. No final do reinado de Luís XIV, a França era uma terra de piedade, mas também de italianismo na música, incluindo a música religiosa. As emoções compostas por Couperin para as suas cantoras são tão dramáticas que parecem saídas de uma ópera... Vocalidade e espiritualidade combinam-se artisticamente, atestando o requinte do canto fino francês praticado tanto nos salões e teatros como nos locais de culto. As vozes divinas que cantam as Lições dos dias da Semana Santa nos conventos parisienses, as vozes sem rosto das jovens reclusas conventuais, as vozes do céu... mas muitas vezes os cantores de ópera, quando os teatros estavam fechados durante o período de penitência antes da Páscoa! As velas eram tradicionalmente apagadas à medida que o Ofício das Trevas se desenrolava, para terminar na escuridão da noite...»

Casa de Mateus

ENTRE LUZ E TREVAS | MOTETOS DO BARROCO FRANCÊS


François Couperin (1668-1733) 

Aspiratio mentis Deum

Henry du Mont (1610-1684)

Vulnerasti cor meum Felix Roma 

François Couperin (1668-1733)

Les leçons de ténèbres pour le mercredi saint

Première leçon

Deuxième leçon

Marin Marais (1656-1728)

Le tombeau de monsieur Lully

François Couperin (1668-1733)

Les leçons de ténèbres pour le mercredi saint

Troisième leçon

AMERICANTIGA ENSEMBLE 

Dir. Ricardo Bernardes


Thibaut Lenaerts

hautecontre

Marcio Soares Holanda

hautecontre

Ana Raquel Pinheiro

violoncelo barroco

Ricardo Bernardes

órgão e direção musical



O acesso implica a aquisição de um título de entrada na Casa de Mateus, no valor mínimo de 6,00 €. Aproveite e viva toda a experiência de Mateus, aderindo a um dos modelos de visita à sua disposição.

Para mais informações, contacte-nos através do seguinte e-mail: cultura@casademateus.pt.

Apoios

República Portuguesa Cultura
DGArtes
Municipio de Vila Real
casademateus.pt desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile