GOVERNADORES E PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO NO BRASIL COLONIAL

Voltar

Seminários
GOVERNADORES E PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO NO BRASIL COLONIAL
13 de março

Com o objetivo de fomentar pesquisas e reflexões acerca da temática dos governadores coloniais, partindo da longa gestão de D. Luís António de Sousa Botelho Mourão, o 4º Morgado de Mateus, à frente da Capitania de São Paulo entre os anos 1765 e 1775, este seminário internacional reunirá pesquisadores de várias instituições.

Governadores e Produção de Conhecimento no Brasil Colonial, é um evento temático e celebrativo da trajetória da historiadora e arquivista Heloísa Liberalli Bellotto, pioneira na pesquisa sobre organização de arquivos e governos coloniais. O seu livro “Autoridade e conflito no Brasil colonial”, originalmente publicado em 1979 pelo Conselho Estadual de Artes e Ciências Humanas e reeditado em versão ampliada em 2007 pela Editora Alameda, contribuiu para expandir a abordagem política da história de São Paulo colonial, com foco no governo e na política.

Este evento surge no seguimento de um anterior, intitulado "Revisitar e Inovar: acervos e novas frentes de pesquisa sobre o período do governo do Morgado de Mateus no Brasil Meridional (1765-1775)", realizado em formato virtual a 7 de dezembro de 2021, que contou com a participação de Heloisa Bellotto. Dá continuidade ao esforço iniciado nessa ocasião, de fomentar pesquisas e reflexões na temática do governo e política dos governadores coloniais, tendo como eixo a longa gestão de D. Luís António de Sousa Botelho Mourão, o 4º Morgado de Mateus, à frente da capitania de São Paulo entre os anos 1765-1775.

O presente seminário pretende ser um estimulador para as pesquisas académicas nas três principais instituições que conservam o vasto e variado acervo de fontes produzidas por este governador: a Secretaria de Governo no Arquivo do Estado de São Paulo, a coleção Morgado de Mateus mantida na Biblioteca Nacional no Rio de Janeiro e a Fundação Casa de Mateus, em Vila Real, no norte de Portugal.



Sobre o tema: No século XVIII, governo, política e administração no ultramar português tiveram estreita relação com produção de conhecimento. Segundo Heloisa Bellotto, quando de sua chegada ao Brasil D. Luís de Sousa “solicitava (...) mapas e dados para apurar seus conhecimentos geográficos porque sabia ‘o quanto he indispensável (...) o perfeito conhecimento do Paiz em que ha de mandar’”. Este trecho do livro “Autoridade e conflito" é o fio condutor das comunicações e discussões deste evento.

Neste período, os campos privilegiados da produção de informações e conhecimento sobre o Brasil eram aqueles que solucionassem os problemas geopolíticos enfrentados pelo Império português na América, tais como a cartografia, urbanização, arquitetura, etnografia e arqueologia. Nesse sentido, um novo modelo de gestor régio passou a existir no Brasil na segunda metade do século XVIII, com planos de governo baseados nas suas bibliotecas, mapotecas, sustentado em memórias espaciais, saberes ou opiniões de agentes coloniais diversos.


Este seminário reunirá pesquisadores de carreira consolidada e iniciantes para apresentar resultados de suas pesquisas que têm como eixo a relação entre governança e conhecimento, como apontado na obra de Heloisa Bellotto. Com este escopo este colóquio pretende, sem negligenciar as contradições e tensões inerentes às relações sociais, contribuir para a reflexão sobre temas como governança e sua relação dialógica com os diversos segmentos da sociedade civil de modo a fortalecer a confiança nas instituições e no sentido de participação político-institucional, critério relevante em sociedades democráticas.



Inscreva-se através do seguinte link:

https://www.even3.com.br/goveconhecimento_brasilcolonial/



Consulte aqui a programação completa: Programa Governadores e Produção de Conhecimento no Brasil Colonial

Híbrido

Fundação da Casa de Mateus

UNESP - Universidade Estadual Paulista

APESP - Arquivo Público do Estado de São Paulo



Para efetuar a inscrição clique aqui.

Para mais informações, contacte-nos através do seguinte e-mail: cultura@casademateus.pt.

GOVERNADORES E PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO NO BRASIL COLONIAL

Horário

Segunda a Sexta 

9h00 às 17h00

Fins-de-Semana

9h00 às 17h30

Contactos

+351 259 323 121

Ver & Ouvir

Agenda

casademateus.pt desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile