SEI SOLO - CONCERTO DE VIOLINO

Voltar

Concerto
SEI SOLO - CONCERTO DE VIOLINO
3 de setembro | 19:00

"Sei Solo" é uma frase que aparece na página de rosto das monumentais Sonatas & Partitas para violino de Johann Sebastian Bach, e apresenta uma certa ambiguidade. Por um lado, indica simplesmente o conteúdo da coleção, que consiste em seis peças para um único instrumento. Por outro lado, inicia uma reflexão mais profunda quando traduzida literalmente como "Estás só".

A frase, implacável, evoca a natureza morta e o seu cortejo de vaidades, espelhos de solidão e a finitude das nossas existências. É impressionante à primeira vista, soando como um aviso aos intérpretes que se lançam nas formidáveis páginas da coleção. Mas será que esta solidão, propícia à introspeção, não convida ao uso de toda a liberdade que ela proporciona, permitindo que a inventividade e a espontaneidade guiem a linha musical e façam surgir novas ideias?

No contexto do lançamento de um disco dedicado às fantasias de Georg Philipp Telemann, Patrick Oliva aborda a música para violino solo com esta dupla perspetiva, propondo um programa que, tal como o género da fantasia, se desenvolve livremente como se fosse improvisado e questiona a relação que o intérprete mantém com o texto musical que declama. Percorre várias estéticas, cruza e confronta linguagens contrastantes, justapõe peças polifónicas de estilo arcaico e melodias acompanhadas que antecipam o classicismo vindouro. O quadro resultante é enriquecido pelas múltiplas perspectivas e diálogos tecidos entre as obras.

O programa gira naturalmente em torno das fantasias de Telemann, uma formidável coleção que sintetiza a diversidade demonstrada por este compositor; o estilo antigo coexiste com o novo num caleidoscópio de formas e afectos particularmente ecléticos. Estas peças ressoam como ecos longínquos das de Johann Paul von Westhoff, o pai da escrita polifónica para violino, o que nos remete para os fundamentos desta forma singular de tratar o instrumento. Num universo completamente diferente, a fantasia de Nicola Matteis contrasta com o carácter elegíaco das sonatas de Giuseppe Tartini, cujo suporte harmónico mínimo é confiado unicamente ao violino, sem recurso ao baixo contínuo (o compositor gostava de se acompanhar desta forma em algumas das suas sonatas). Em pano de fundo, as obras de Johann Sebastian Bach espalhadas pelo concerto recordam-nos o quanto estas obras-primas marcaram a escrita para violino solo com o seu génio e profundidade.


https://www.patrickoliva.com/

Casa de Mateus

Georg Philipp Telemann, Fantasy n°8 TWV 40:21

Piacevolmente - Spirituoso - Allegro

Johann Paul von Westhoff, Suite for violin

Prélude - Allemande - Courante - Sarabande - Gigue

Improvised Prelude

Johann Sebastian Bach, Partita BWV 1002

Sarabanda

Georg Philipp Telemann, Fantasy n°9 TWV 40:22

Siciliana - Vivace - Allegro



Nicola Matteis, Fantasy

Giuseppe Tartini, Sonata op.7 n°6 (arrangement Patrick Oliva)

Andante

Johann Sebastian Bach, Partita n° 2 BWV 1004

Giga

Georg Philipp Telemann, Fantasy n° 2 TWV 40:15

Largo - Allegro - Allegro


Marchetto Cara, Salve Regina (arrangement Patrick Oliva)

Improvised Prelude

Georg Philipp Telemann, Fantasy n°9 TWV 40:22 (arrangement Patrick Oliva)

Siciliana

Johann Sebastian Bach, Sonata n° 3 BWV 1005

Allegro assai

Giuseppe Tartini, Sonata B. g10 « Didone abbandonata » (arrangement Patrick Oliva)

Affetuoso

Para mais informações, contacte-nos através do seguinte e-mail: cultura@casademateus.pt.

Apoios

República Portuguesa Cultura
DGArtes
Municipio de Vila Real
Teatro Vila Real
SEI SOLO - CONCERTO DE VIOLINO

Horário

Segunda a Sexta 

9h00 às 17h00

Fins-de-Semana

9h00 às 17h30

Contactos

+351 259 323 121

Ver & Ouvir

Agenda

casademateus.pt desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile